Debate Libertário


20130614-215622.jpg

PS1: se você riu, você é um marxista-esquerdopata-estatista.

suffixocation

PS2: para quem está acostumado com os debates nos EUA, as tirinhas são hilárias por si só. Para o brasileiro que não entendeu, já temos alguns exemplos nacionais, veja algum contexto aquiaquiaquiaqui.

Via Mimi and Eunice.

Leituras não recomendadas: estupro de fótons e preconceito linguístico.


Percebi que estava divulgando apenas as leituras mais interessantes. Mas, divulgar aqueles artigos em que o autor pisou na bola, principalmente daqueles sites que acompanhamos, talvez seja tão informativo quanto. Então, para variar, seguem abaixo dois textos não recomendados.

Nem tudo o que você pensa, por mais interessante que seja como abstração, deve ser externalizado. Um risco de se escrever em blog é justamente esse. Por haver pouca restrição antes da publicação (além de você mesmo), você pode acabar publicando raciocínios que, mesmo se válidos sob alguma ótica, simplesmente não precisavam ter visto a luz do dia. Steve Landsburg  argumenta que casos de estupro em que a vítima não se recorde de nada, e que não tenham nenhuma sequela física, não são, digamos, tão ruins assim. Como ilustração, afirmou que a penetração em si não quer dizer nada; pois, por exemplo, quando alguém acende uma luz, vários fótons penetram nosso corpo e nem por isso podemos processar legalmente esta pessoa. Para os incrédulos, segue o parágrafo:

Every time someone on my street turns on a porch light, trillions of photons penetrate my body. They cause me no physical harm and therefore the law does nothing to restrain them. Even if those trillions of tiny penetrations caused me deep psychic distress, the law would continue to ignore them, and I think there’s a case for that [...] So for the issues we’re discussing here, bodily penetration does not seem to be in some sort of special protected category.

Nem preciso dizer que isso causou rebuliço na blogosfera. Por exemplo, Brad DeLong, exageradamente, é certo, conferiu à Landsburg o título de “pessoa mais estúpida viva”.

Já Guilherme Fiuza gasta mais da metade de seu artigo, que supostamente seria de crítica ao governo Dilma, apenas demonstrando desconhecimento de Linguística e de critérios de correção de prova. Não, por mais que eu não concorde com o governo, nem o caso do Miojo do ENEM, muito menos o caso de uma nota máxima a despeito de um mero erro ortográfico provariam o fracasso de uma política educacional, fosse do PT, do PSTU, do DEM ou do PSDB – se há fracasso neste campo, as razões e evidências são outras, e não estas.

Tampouco é interessante criticar a Dilma por ser mineira. Se um carioca falar “ishperto” ao invés de “esperto” ou “lião” ao invés de “leão” isso não é demonstração de ignorância, da mesma forma que não o é quando um mineiro fala “fazeno” ao invés de “fazendo”. Tudo bem, pode ser engraçado para pessoas de outras regiões; e a Dilma, como presidente, deveria vigiar sua fala e evitar regionalismos. Se o objetivo era fazer graça, tudo bem, piada é piada! Só não inclua isso em sua crítica ao governo; pois, se é para criticar, critique direito, do contrário a impressão que fica para pessoas de fora do seu círculo (pelo menos na minha amostra de 5 economistas consultados) é a de que, para chegar a este ponto, há muito pouco a ser criticado – o que definitivamente não é o caso!

III ENBECO – Inscrições Abertas!


As inscrições para o III ENBECO já estão abertas e podem ser feitas aqui.

O evento será em Vitória-ES na FUCAPE, conforme informações abaixo:

Data: 12 de Abril de 2013 (Sexta-Feira)
Local: Auditório da FUCAPE (Av. Fernando Ferrari, 1358. Vitória-ES).
Horário: Das 13:00 à 18:30

III-ENBECO

 

Não deixe de se inscrever!

III Encontro Nacional dos Blogueiros de Economia


A bacana iniciativa do Cristiano M. Costa e Cláudio Shikida terá sua terceira edição!

Dessa vez será na FUCAPE, em Vitória – ES, no dia 12 de Abril.

PS: o Análise Real estará presente em um dos painéis.

 

“Novos” na lista de blogs


Vez ou outra eu me dou conta de que a lista de blogs ao lado está desatualizada. Menos freqüentemente ainda eu me lembro de atualizá-lá. Hoje foi um desses dias. Na lista constam mais quatro blogs que já acompanhava há algum tempo, mas que sempre me esquecia de adicioná-los:

- The Drunkeynesian;

- Normal Deviate;

- Blog do Irineu de Carvalho Filho;

- The Big Questions.

O estado da blogosfera econômica


Economic Logic comenta sobre o estado da blogosfera econômica e sobre o projeto de Zimmermann, EconAcademics.org, que monitora diversos blogs acadêmicos de economia, principalmente quando estes debatem papers indexados no Ideas. Fantástico.