Quanto mais tempo sem alugar, maior a variação do preço do aluguel? E mais um mapa.


Hoje, com 30 dias de coleta e mais de 60.000 observações de preços de aluguéis de Brasília, resolvi explorar um pouco os dados.

Será que, como nos diz a intuição, quanto mais tempo o imóvel passou ofertado, maiores as reduções observadas do preço do aluguel?  

Vejamos com o gráfico abaixo.

No eixo x temos quantos dias o imóvel ficou ofertado durante os 30 dias de coleta e, no eixo y, a soma da variação percentual do valor do aluguel no período:

variacao

Parece que os preços de oferta são relativamente rígidos, mas depois de 20 dias sem alugar começam a ceder. Vejamos se o padrão se mantém e como isso se comporta mais para frente!

PS: como muitos imóveis podem estar no mesmo ponto – por exemplo, a maioria tem variação zero no preço – o gráfico pode dar a impressão de que há poucas observações com poucos dias de anúncio. Na verdade há muitos pontos ali, o problema é que eles estão um em cima do outro, o que chamamos de overplotting. Uma outra forma de visualizar a distribuição tentando suavizar o overplotting é com um pouco de jitter (desvios aleatórios na posição dos pontos), você pode ver o mesmo gráfico com jitter aqui. Outra coisa que vale a pena ser novamente ressaltada é que o gráfico não é uma série temporal! Ele relaciona a quantidade de dias que um anúncio ficou no ar com a variação percentual do preço deste anúncio.

***

Resolvi também testar outra forma de visualização espacial dos dados. No mapa abaixo, quanto mais vermelho, mais caro o aluguel e, quanto maior a bola, maior o apartamento (em metros quadrados). Os dados são de hoje.

mapa_aluguel

Anúncios

9 pensamentos sobre “Quanto mais tempo sem alugar, maior a variação do preço do aluguel? E mais um mapa.

  1. Dicas do blog:

    i) baixar o feedly: ☑
    ii) aprender a programar no R: ☐

    Ainda assim o blog tá muito maneiro Carlos, parabéns!

    Curtir

  2. Pingback: Quer alugar um imóvel em Brasília? Ask Cinelli how! | Nepom - Núcleo de Estudos de Política Monetária

  3. Pingback: Mapas de roubos em Brasília? | Análise Real

  4. Uma forma de minimizar o overplotting seria fazer os pontos com transparência, assim quando houvesse mais pontos ficaria mais escuro. No eixo y, ficaria melhor se indicasse a variação em percentual (20% em vez de 0,2).

    Curtir

  5. Pingback: Retrospectiva: posts mais lidos de 2014 | Análise Real

  6. Olá. Eu gostaria de saber se você tem análises de aluguel comercial em Brasília, mais especificamente na W3 NORTE ou asa norte. Se tiver, é possível enviar um link? Obrigado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s