Vídeos das apresentações do useR! disponíveis!


Todos os vídeos já estão disponíveis aqui.  Tem muita coisa boa, vale a pena conferir.

Anúncios

Site do useR! 2016 em Stanford já está online.


Ano que vem o useR! 2016 será em Stanford e o site já está online com as principais datas definidas:

Important Dates

Event Date
Tutorial Submissions Deadline January 3, 2016
Abstract Submissions Deadline March 3, 2016
Notification of Acceptance March 28, 2016
Early Registration Deadline March 1, 2016
Regular Registration Deadline June 1, 2016
Late registration Deadline June 20, 2016
Tutorials June 27, 2016
Conference Start June 28, 2016
Conference End June 30, 2016

useR! 2015 – R mainstream


Se eu tiver que passar uma impressão principal do useR! 2015 é a de que o R provavelmente chegou em um tipping point e está se tornando, oficialmente, mainstream.

O grande diferencial do R sempre foi sua comunidade com a grande quantidade de pacotes disponíveis. Entretanto, como a comunidade era basicamente em torno do meio acadêmico, havia um pouco mais de dificuldade de dedicar recursos para aplicações comerciais e corporativas. Além disso, por ser uma linguagem feita por e para estatísticos, não necessariamente a implementação atual é a mais eficiente, podendo, em algumas circunstâncias, deixar a desejar em performance (mas garantindo correição e acurácia).

Esses são dois pontos que já estão mudando: (i) várias empresas (como Microsoft, Rstudio, Oracle, Google) se reuniram oficialmente para colocar dinheiro na comunidade do R; e, (ii) a popularidade do R está estimulando iniciativas para o tornar mais rápido e eficiente. Acredito que em pouco tempo veremos os benefícios disso.

 Empresas investindo na comunidade: o R Consortium

A Linux Foundation anunciou a criação do R Consortium, uma organização com o objetivo de dar suporte à R Foundation e às demais organizações envolvidas com o desenvolvimento do R.  Em resumo, as empresas participantes do consórcio vão se juntar para colocar dinheiro no desenvolvimento de projetos em torno da linguagem principalmente em projetos de infraestrutura (como o R-Forge ou o próprio encontro anual useR! – que será em Stanford em 2016).

Entre os fundadores estão:

  • a própria  R Foundation;
  • membros platinum: Microsoft e RStudio;
  • membros ouro, TIBCO;
  • membros prata:  Alteryx, Google, HP, Soluções Mango, Ketchum Trading e Oracle.

Durante o encontro, todas as empresas mostraram que já implementaram (ou estão implementando) aplicações corporativas do R em seus produtos, como, por exemplo, o R dentro do SQL server 2016 da Microsoft.

O R está ficando e vai ficar ainda mais rápido e eficiente

A popularidade do R está estimulando uma saudável competição em torno de uma implementação eficiente da linguagem. Além do trabalho da Microsoft com a Revolution R – ou de outras implementações corporativas – duas apresentações chamaram bastante a atenção: (i) o projeto CXXR  que reescreve o interpretador do R em C++;  e, (ii) o fastR da Oracle que – na verdade dentro de um projeto mais ambicioso envolvendo várias linguagens – reescreve o interpretador do R em Java.  O fastR não tem uma data precisa para soltar uma versão plenamente funcional, mas o CXXR, aparentemente, já vai ter uma versão compatível com o GNU R a partir da próxima versão (3.3).

***

Faço questão de ressaltar aqui – como muitos já o fizeram – que a organização do useR! 2015 foi impecável! Mesmo com um público duas vezes maior do que o esperado (foram mais de 650 pessoas) tudo correu perfeitamente, tendo, inclusive, jantar Viking com arremessos de machados (literalmente). Meus parabéns para o pessoal da universidade de Aalborg e, em especial, ao Torben Tvedebrink –  ano que vem o encontro será em Stanford e Aalborg elevou o nível para os próximos organizadores.

Axes

 

Statistical Analysis of Network Data and Testing R Code


Alguns materiais dos tutoriais de ontem no useR!2015:

O Rasmus também fez um tutorial bem didático de introdução à estatística bayesiana, mas o material ainda não está disponível. Assim que estiver publico aqui.