Mapa de aluguel em Brasília (Plano Piloto)


Em post anterior fizemos uma breve análise dos dados de aluguel no plano piloto.

Agora, que tal navegar por todos imóveis em um mapa da cidade, vendo a localização, tamanho, número de quartos e valor do aluguel? Clique aqui ou na mapa abaixo para navegar.

Atenção,  ainda é um protótipo!

Se o mapa não aparecer na sua tela, provavelmente o seu navegador bloqueou a execução do javaScript. Procure por um cadeado no navegador (canto superior direito ou esquerdo, geralmente) e autorize o carregamento do site.

Captura de Tela 2014-02-23 às 21.13.59

PS: agora já estamos coletando diariamente e automaticamente preços online de imóveis dos principais sites e das principais capitais do país. Ainda estamos testando métodos de análise e visualização.

Anúncios

29 pensamentos sobre “Mapa de aluguel em Brasília (Plano Piloto)

  1. Cara, crie um site só pra isso, vc terá muitas visualizações e poderá faturar uma grana. To louco pra ver o resultado de Salvador.

    Curtir

  2. Muito interessante a ferramenta, parabéns pelo trabalho! Mas fiquei em dúvida com relação a alguns marcadores. Há, por exemplo, um apartamento de 4 quartos na altura da Rodoviária, ao preço de R$7.750,00. O que seria isso? Há também um apartamento de 1 quarto, ao preço de R$4.500,00, localizado na Av. das Nações, em frente ao Pier 21. Seriam, em ambos os casos, imóveis comerciais que acabaram cadastrados como residenciais ou algum outro tipo de distorção causada pela plataforma? Abraço!

    Curtir

    • Pedro, o endereço é com base em um campo livre que os anunciantes colocam e com coordenadas de latitude e longitude do GoogleMaps, de forma automática.

      A maior parte dos anúncios são bem escritos, com endereço correto tipo “SQS 402 bloco B”, mas alguns anunciantes escrevem coisas do tipo “Imóvel na asa sul perto da Rodoviária!!!!”, estes imóveis acabam tendo menor chance de serem corretamente posicionados no mapa.

      Há um ps ao final do mapa alertando para isso:

      “Ps: o endereço dos apartamentos é um campo livre nos anúncios de internet e a busca de longitude e latitude é automatizada, portanto há algumas imprecisões nos endereços do mapa.”

      Abs!

      Curtir

  3. Acho que o tamanho não é problema. Gostei muito desse mapa, a propósito. Tem muita informação, algumas muito curiosas, como os “caminhos” nos gramados da esplanada. O que são os tracejados azuis? Em alguns locais eles coincidem com as ciclovias, mas há locais tracejados onde não há ciclovias construídas. Seriam as calçadas?

    Curtir

  4. Pingback: Preços de imóveis: versão Brasília | De Gustibus Non Est Disputandum

  5. Muito bacana!! Ajuda demais as pessoas que estão de mudança para uma nova cidade. Além disso, é muito parecido com a ferramenta de busca de hotéis no booking, que todos conhecem. Então, não há dificuldades. Parabéns!
    Assim que vc incluir os contactos dos proprietários, vai bombar!!!

    Curtir

  6. Boa noite, Carlos.

    Uma dúvida, que na verdade é parte da minha experiência. Desde 2008 estudo o mercado imobiliário do DF, primeiro com o Adolfo Saschida e seu índice bolha, na UCB, depois aqui na UnB. Nosso problema sempre foram os dados. Em nosso experimentos com o wimoveis etc sempre tivemos sérios problemas com a qualidade das informações lá contidas. Sempre que alunos, ou nós mesmos, foram a campo conferir as informações, a credibilidade dos dados era posta em questão. Como você está tratando a questão da confiabilidade, ou precisão, das informações? Apenas como exemplo, qualidade de acabamento e metragem quadrada são dois itens muito pouco confiáveis nos sítios, ao menos essa é minha experiência.

    Abs

    José Carneiro

    Curtir

    • Oi José,

      Depende do objetivo da análise. Para o mapa, por exemplo, somente é preciso uma validação mínima, para tirar anúncios que são claramente errados, pois o próprio usuário vai filtrar aquilo que quer ou nao considerar. Já se for para uma análise de tendência, é possível refinar a validação com métodos mais rigorosos para eliminar outliers ou dados suspeitos e, ainda, se for o caso, pode-se trabalhar com medidas ou técnicas mais robustas a erro de medida.

      A questão principal é entender o que o dado pode responder ou não em cada circunstancia – por isso é bom sempre fazer analise exploratoria antes. Mas, em geral, dados reais de oferta como esses costumam ser de melhor qualidade do que outras fontes, como pesquisas de campo (em que se pergunta à pessoa o valor do imóvel) ou dados administrativos (onde motivos tributários distorcem em maior medida ainda os dados).

      Abraços!

      Curtir

    • Pedro, já temos os dados do Rio. Mas Rio e SP são muitos anúncios, as vezes muitos com endereços incompletos, então penso que tanto rio quanto SP vão ser disponibilizados depois de algumas capitais mais simples. Abraços

      Curtir

  7. Pingback: #BrasíliaParaIniciantes: Morar em Brasília – com mapa de aluguel no Plano Piloto, por Lanier Rosa |

  8. Parabéns pela iniciativa! O trabalho está excelente! O que vocês acham de fazer um mapa de imóveis à venda também? Certamente seria muito interessante!

    Abraços!

    Curtir

  9. Pingback: Retrospectiva: posts mais lidos de 2014 | Análise Real

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s